11 abril, 2011

Do poupar

Agora que é oficial o pedido de ajuda externa e afins dei por mim a pensar nisto do poupar.
Aos 10 anos comecei a receber mesada, escusado será dizer que ao fim de duas semanas já não havia dinheiro para ninguém porque eu gastava-o todo em gomas. Entretanto aprendi a regular o dinheiro e os meus pais incutiram-me a ideia de que a mesada tinha de durar para um mês e não para o mês.
Até à altura de entrar na faculdade foi tudo pacifico, mas quando entrei na faculdade e comecei a estar mais tempo fora de casa, a mesada aumentou pois tinha de dar para almoço, lanche e algumas vezes também jantar e tive de arranjar um estratagema para me controlar. Já tinha uma conta e resolvi abrir outra, e punha numa das contas o dinheiro para o mês e na outra as poupanças, funcionou bastante bem e com o dinheiro que juntei consegui fazer um interail.
Depois chegou a altura de trabalhar, nos bancos em que tinha as contas o custo dos cartões e das manutenções das contas começaram a ser muito altos e eu decidi mudar de banco e ficar com uma única conta, mas desta vez abri uma conta à ordem com uma conta a prazo associada. E tem sido assim que tenho conseguido poupar para as minhas coisas (pós-graduações, viagens e afins) mas também é assim que vou tendo um pé-de-meia para algum imprevisto.
As minhas contas têm sido sempre contas de débito e também decidi não ter cartão de crédito. (Ave rara para uns, precavida para outros)
Mas sei que tenho fases de cigarra e fases de formiga e por isso vou-me controlando a mim e ao dinheiro no entanto continuo a ter um estratagema que é: assim que recebo o ordenado coloco logo uma parte de lado, mas é aqui que as coisas diferem, é que a quantidade de dinheiro poupado já não consegue ser a mesma do que era por exemplo há um ano atrás e é aqui que eu noto que a vida está mais cara.

4 comentários:

  1. Querida Imensidão dos dias, cada vez é mais difícil fazer um pé-de-meio... e não tende a melhorar.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
  2. Cacarolinha já publicou a lista de livros que tem que ler!Obrigada pela/s tua/s sugestão/ões~~~~

    ResponderEliminar
  3. Eu também fazia um pé de meia, abri uma conta poupança que debita determinado valor da minha conta todos os meses. E também já tive que reduzir esse valor. :(

    ResponderEliminar